Se quiser me escrever e solicitar algum material o Email é este aqui!

ministerioinfantilalebohrerferreira@hotmail.com

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

A Fé das Crianças e a Escola Bíblica Dominical




O professor da EBD, que trabalha com os pequenos, precisa estar ciente do seu compromisso e deve ter como objetivo principal “a fé das crianças” LEFEVER, M. (2003).

As crianças precisam aprender a falar com Deus, amar ao próximo, amar a Deus, e obedecer a sua palavra. Tais ensinamentos devem ser transmitidos na EBD.

LEFEVER observa o desenvolvimento da fé das crianças por fases:

A FÉ DO BEBÊ

Conceito-chave: Confiança

Relacionamentos significantes: Mãe e Pai.

Para uma criança desta faixa etária, somos as mãos e o rosto de Jesus.

II – A FÉ DAS CRIANÇAS DE 1 A 3 ANOS

Conceito-chave: Autonomia

Relacionamentos significantes: Pais e professores da Escola Dominical.

Tais crianças:

• Aprendem através de encenações de histórias bíblicas.

• São capazes de aprender que Deus criou todas as coisas.

• Compreendem que a Bíblia é um livro maravilhoso, cheio de histórias especiais; é o Livro de Deus.

• Aprendem sobre Jesus enquanto se movimentam. Aprendizes tátil-sinestésicos.

• Aprendem a orar.

III – A FÉ DAS CRIANÇAS DE 3 E 4 ANOS

Conceito-chave: Amor e Iniciativa

Relacionamentos significantes: Professores da Escola Dominical, pastor, família

Tais crianças:

• Gostam de frequentar “a própria igreja” (Escola Dominical).

• Aprendem a orar.

• Gostam de recontar histórias sobre Jesus.

• Aprendem a fazer mímicas de histórias bíblicas e de atitudes de Jesus.

• Interessam-se por Deus.

• Confundem Jesus e Deus.

• Desenvolvem uma consciência sensível.

• Perguntam sobre Jesus mais para interagirem com os professores do que para ouvirem respostas.

• Desenvolvem conhecimentos bíblicos.

• Permanecem aprendendo a respeito de Jesus enquanto se movimentam.

• Desenvolvem bons hábitos da vida cristã.

• Aceitam Jesus como Salvador pessoal.

IV – A FÉ DAS CRIANÇAS DE 5 E 6 ANOS

Conceito-chave: Amor e Diligência

Relacionamentos significantes: Vizinhança, escola e igreja.

Tais crianças:

• Podem compreender o conceito de Deus como Criador.

• Costumam fazer perguntas.

• Temem a Deus porque Ele vê tudo que fazem.

• Desenvolvem o conceito de Deus e Jesus como pessoas reais.

• Identificam os personagens da Bíblia como reais.

• Consideram a oração importante.

• Orgulham-se da capacidade de ler em sua própria Bíblia.

• Começam a compreender a “Adoração”.

• Podem envolver-se em projetos simples, como “ajudar”.

• 40% passam da aprendizagem bíblica tátil-cinestésica para a leitura visual (palavras e imagens)

V – A FÉ DAS CRIANÇAS DE 7 E 8 ANOS

Conceito-chave: Aprender a amar.

Tais crianças:

• Estão esclarecidas quantos aos conceitos de certo e errado.

• Desejam ser boas.

• Começam a perceber a influência da consciência e os erros dos outros.

• São capazes de sentir vergonha, podem admitir seus erros, mas frequentemente transferem a culpa de seus erros para “outros”.

• Têm seu interesse por Deus aumentado gradativamente.

• Estão amadurecendo os conceitos acerca da morte e da ressurreição de Jesus.

• São capazes de estudar a Bíblia sozinhos.

• Usam de modo coerente o conteúdo das Escrituras e o que ouvem na Igreja.

• Já possuem um desenvolvimento significativo na área do pensamento simbólico.

• Estão ampliando sua visão de mundo.

VI – A FÉ DAS CRIANÇAS DE 9 A 11 ANOS

Conceito-chave: Justiça

Relacionamentos significantes: Grupos de mesmo nível, igreja e modelos de lideranças seculares.

Tais crianças:

• Correspondem ao ensino sobre o caráter de Deus.

• Aprendem mais facilmente a respeito da vida cristã por intermédio de projetos do que por exposição.

• Começam a constatar que devem seguir suas próprias convicções acerca de Jesus.

• Propõe perguntas mais difíceis do que as dos adultos.

• São capazes de compreender o plano da salvação.

• Compreendem o propósito da oração.

• Desenham heróis da Bíblia e da igreja local.

• Possuem uma necessidade de pertencer ao grupo.

• Personalizam sua sexualidade a partir de uma perspectiva cristã.

• Adquirem uma compreensão básica da ética bíblica.

• São capazes de julgar suas próprias ações à luz das atitudes de Jesus.

• Frequentemente fazem confusão entre o certo e o errado.

VII – A FÉ DOS ADOLESCENTES

Conceito-chave: Fidelidade

A maioria das pessoas que consolida sua fé até os 12 anos permanece fiel pelo resto de sua vida.

Conclusão

É inegável que a criança que tem uma fé alicerçada em Cristo terá seu caráter formado dentro dos padrões espirituais e nesse sentido a EBD é em todos os aspectos um centro de influência positiva.

O professor da EBD deve buscar em Deus e na sua palavra a sabedoria necessária para conduzir os pequenos ao principal objetivo da vida cristã, “o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo” Efésios 4:12,13.

REFERÊNCIAS

BÍBLIA SAGRADA. Tradução de João Ferreira de Almeida. Versão corrigida.

LEFEVER,M.Métodos Criativos de ensino: como ser um professor eficaz.Rio de Janeiro:CPAD,2003

1 comentários:

CANTINHO DA EDNA disse...

AMEI ESTE POST, PRINCESA! ESTOU SORVENDO CADA DETALHE DELE. CUIDAR DO DEPARTAMENTO INFANTIL EXIGE PREPARAÇÃO E DILIGÊNCIA, NO MÍNIMO. SUAS POSTAGENS ESTÃO ME AJUDANDO BASTANTE, AMADA DO PAI. TENHA UM DOMINGO ABENÇOADO, AMIGA E IRMÃ!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...